Cerimônia de abdicação do imperador deve acontecer em 30 de abril

19 04 2019

A cerimônia de abdicação será a primeira do tipo na história da constituição do Japão

akihito emperor
O governo japonês decidiu oficialmente realizar a cerimônia de abdicação do imperador Akihito em 30 de abril como um ato de estado estipulado sob a Constituição.

A decisão sobre uma das cerimônias relacionadas à sucessão imperial foi feita durante uma reunião do Gabinete nesta sexta-feira (19). A cerimônia de abdicação será a primeira do tipo na história da constituição do Japão.

A Taiirei-Seiden-no-gi, ou Cerimônia de Abdicação de Sua Majestade o Imperador, no Salão do Estado, será realizada por 10 minutos, a partir das 17h em 30 de abril na Matsu-no-ma no Palácio Imperial em Tóquio.

A cerimônia terá a participação de mais de 300 dignitários, incluindo os líderes dos escritórios legislativo, executivo e judiciário, ministros do Gabinete, assim como os chefes de governos locais.

Após o imperador Akihito e a imperatriz Michiko entrarem na sala, a Espada e Joia Imperial – dois dos três tesouros que são símbolos do trono imperial – serão colocados em bancadas chamadas “an”.

O primeiro-ministro Shinzo abe vai declarar que o imperador abdicará ao trono com base em uma lei especial que entrou em vigor em junho de 2017. Abe manifestará sua gratidão ao imperador em nome do público.

O imperador de saída então fará um discurso, o qual será o seu último como soberano.

O príncipe herdeiro Naruhito deve ascender ao trono como novo imperador em 1º de maio.

O governo realizará uma reunião extraordinária do Gabinete no dia para aprovar oficialmente a primeira cerimônia para o novo imperador como um ato de estado constitucional.

A Cerimônia para Herdar as Joias e Selos Imperiais será realizada logo após a reunião do Gabinete.
Fonte: Portal Mie com NHK

Anúncios




Faltam 500 dias para as Olimpíadas em Tóquio

12 03 2019

Quinhentos dias até o início das olimpíadas

tokyo olimpics
Esta terça-feira (12) marca exatamente 500 dias até o início dos Jogos Olímpicos de Verão em Tóquio.

A cerimônia de abertura será realizada no Novo Estádio Nacional na capital do Japão em 24 de julho do próximo ano.

Fora de Tóquio, os organizadores planejam usar a instalação de treinamento de futebol Fukushima J-Village para o início do revezamento da tocha olímpica.

A J-Village foi usada como local de resposta a desastres após a fusão nuclear de Fukushima.

Nesta terça-feira os organizadores vão revelar um conjunto de pictogramas desenvolvidos para guiar os espectadores nos locais olímpicos.

Os organizadores também precisam considerar maneiras de abrandar potencial congestionamento no tráfego na capital. Os locais olímpicos estão dispersados pela parte central de Tóquio para que o grande número de atletas e espectadores circulem pela cidade.

O comitê organizador e os governos metropolitano e central estão buscando soluções para manter o transporte funcionando estavelmente.
Fonte: Portal Mie com NHK





Trens-bala terão ampla rede wi-fi gratuita

25 02 2019

O estímulo para tornar redes wi-fi mais disponíveis visa aliviar as queixas de anos de visitantes que vêm ao Japão sobre a falta de conexão à internet em trens

shinkansen free wi-fi
O grupo Japan Railways fornecerá serviço wi-fi gratuito em quase todos os trens-bala e suas estações até o ano 2020, em tempo para acomodar visitantes do exterior que participarão das Olimpíadas de Tóquio.

Quase todas as 108 estações de trem-bala do país terão serviço wi-fi até esta primavera. A wi-fi será instalada em quase todos os vagões a partir do ano fiscal que começa em abril de 2020. Os números refletem os planos de implementação em empresas da Japan Railways como compilados pelo ministério dos transportes.

O operador de metrô Tokyo Metro também vai instalar wi-fi gratuita para turistas em todos os trens até o verão de 2020.

O estímulo para tornar redes wi-fi mais disponíveis visa aliviar as queixas de anos de visitantes que vêm ao Japão sobre a falta de conexão à internet em trens.

A Central Japan Railway, a West Japan Railway e a Kyushu Railway têm oferecido wi-fi gratuita em trens-bala desde o ano passado. Na Central Japan Railway, cerca de 30% de todos os vagões têm wi-fi gratuita, de acordo com a empresa. Todas as três companhias – que fornecem a maior parte do serviço no oeste de Tóquio – vão disponibilizar wi-fi gratuita em todos os seus trens-bala até março de 2020.

A East Japan Railway, que atende a área da grande Tóquio e a porção leste do país, vem instalando wif-fi em trens-bala desde o ano fiscal de 2018. O projeto será finalizado no ano fiscal de 2020, embora a instalação possa sofrer atrasos em partes da Tohoku Shinkansen, que conecta Tóquio com a cidade de Aomori.

Para usar a wi-fi gratuita, o acesso é garantido após registrar um endereço de e-mail ou iniciar sessão em uma rede de mídia social.
Fonte: Portal Mie com Nikkei





Sakura de inverno em Shizuoka, bela de dia e de noite

11 02 2019

A cerejeira da variedade Ochiba está encantando os visitantes em Kosai, pela sua beleza, tanto de dia quanto na iluminação especial à noite

cerejeira ochiba1
Para quem reside em Toyohashi (Aichi), Kosai e Hamamatsu (Shizuoka) fica perto para fazer um passeio e sentir a antecipação da primavera.

Duas árvores da espécie Kanzakura, da variedade Ochiba, estão encantando os visitantes do santuário xintoísta Oogamiyama Hachimangu, em Kosai. Ela é híbrida de Kanhizakura e Yamazakura e uma das árvores já tem 50 anos.

Um grupo de voluntários da cidade é que a conserva e trata de cultivar as mudas para mantê-la como símbolo da cidade.

De dia ela exibe quase todas as flores já abertas, cujos visitantes a registram em fotos.

Por volta das 17h30 a iluminação de LED dá um outro charme a essa variedade de cerejeira.

Apesar do frio vale a pena dar uma esticada até lá para apreciar essa beleza no inverno.

cerejeira ochiba2

Cerejeira Ochiba 大知波桜
Santuário xintoísta Oogamiyama Hachimangu (大神山八幡宮), clique aqui para abrir o mapa
Horário: até 22h
Entrada: livre
Período: previsão de até o próximo final de semana (17)
Fonte: Portal Mie com Shizuoka Shimbun, Pref. Kosai e Chunichi Shimbun





Linha de monotrilho mais antiga do Japão encerrará operações

28 01 2019

O sistema de monotrilho começou a ser usado em dezembro de 1957 como um projeto piloto em que Tóquio buscou uma alternativa para os bondes no período pós-guerra

monotrilho
A operação da linha de monotrilho mais antiga do Japão será suspensa em um zoológico de Tóquio em novembro após funcionamento de 62 anos, visto que os atuais veículos estão se desgastando, disse o governo metropolitano na quarta-feira (23).

O governo não deixou claro se a operação do monotrilho no Ueno Zoological Gardens retomaria após uma interrupção com início em 1º de novembro, citando altos custos operacionais.

O zoológico começou a usar o sistema, que tem uma rota de 300 metros e vagões pendurados por uma espécie de braço de um lado, em dezembro de 1957 como um projeto piloto em que Tóquio buscou uma alternativa para os bondes no período pós-guerra.

O zoológico opera duas faixas de monotrilho entre o lado leste e oeste da área. A viagem de 90 segundos custa 150 ienes e atrai mais de 1 milhão de passageiros por ano, de acordo com o governo metropolitano.

Após o sistema de monotrilho ser desativado, o zoológico usará transporte em terra, como veículos elétricos, para transportar os passageiros, gratuitamente, disse o governo metropolitano.
Fonte: Portal Mie com Kyodo





Detalhes do novo parque temático do Studio Ghlibi em Aichi

26 12 2018

O governo da província de Aichi revelou agora mais planos detalhados para o novo layout

studio ghlibi1
De volta a 2017, o Studio Ghlibi entusiasmou fãs em todo o mundo com a notícia da abertura de seu primeiro parque temático no Japão.

Ao contrário do Ghlibi Museum em Tóquio, o qual abriga obras de arte e produtos dos filmes famosos do estúdio de animação em um único prédio, o novo parque temático será estabelecido em uma área de 200 hectares de terra, no EXPO Park da província de Aichi, que foi o local da World Expo 2005.

Após mostrar um pouco da arte conceito inicial, o governo da província de Aichi revelou agora mais planos detalhados para o novo layout e destaques do parque temático, com cinco zonas em torno de alguns filmes mais amados do Studio Ghlibi.

1- Seishun no Oka Area (Área da Colina Jovem)

studio ghlibi2

Essa primeira zona destaca um gigante elevador steampunk (subgênero da ficção científica) inspirado pelo Castelo Andante, o qual leva os visitantes a uma plataforma de visualização elevada. Uma curta caminhada a partir desse lugar leva os visitantes até uma réplica em tamanho real do antiquário Chikyuya de O Sussurro do Coração.

2- Ghlibi Dai Soko Area (Área do Grande Empório de Ghlibi)

studio ghlibi3

Muitos prédios que misturam estilos japoneses e ocidentais estão situados nesse local, em uma área com uma atmosfera extravagante onde os visitantes podem desfrutar de uma sala de exibição, sala de exibição de vídeo, áreas de brincadeiras, lojas e cafés.

3- Dondoko Mori Area (Área de Floresta Dondoko)

studio ghlibi4

Essa zona exibirá a já existente versão da vida real de Mei e da casa de Satsuki de O Meu Vizinho Totoro.

A “paisagem da era Showa” ao redor replicará a cidade natal rural de Totoro do filme, com o parque planejando organizar tours de caminhada na área de floresta, similar à configuração na Floresta de Totoro em Saitama.

4- Mononoke no Sato Area (Área da Vila de Mononoke)

studio ghlibi5

Essa zona será dedicada à Princesa Mononoke, com uma paisagem rural japonesa evocando o mundo da tribo de Emishi de Ahistaka e a Tatara “Cidade do Ferro” do filme. Ainda não há informações se a apresentação de kabuki da Princesa Mononoke será executada nesse local no futuro, mas os visitantes poderão vivenciar e aprender sobre a queima do carvão na cabana tradicional.

5- Majo no Tani Area (Área do Vale dos Feiticeiros)

studio ghlibi6

Os visitantes vão se apaixonar pela zona do Vale dos Feiticeiros, a qual dizem ter a mesma “atmosfera norte-europeia” vista em filmes como Kiki- A Aprendiz de Feiticeira e o Castelo Andante. Restaurantes e áreas de descanso serão instalados nessa área, inspirados pela terra de ninguém do Castelo Andante e pela bela residência Okino de Kiki- A Aprendiz de Feiticeira.

De acordo com o governo da província de Aichi, atualmente o parque está finalizando os designs e detalhes financeiros, com o início da construção das primeiras três áreas previsto para 2020 e as duas áreas finais para 2021.

Eles antecipam que o desenvolvimento, então, avançará a um ritmo estável, com planos para abrir as primeiras três áreas no outono de 2022. A Vila de Mononoke e o Vale dos Feiticeiros serão abertos um ano depois, em 2023.
Fonte: Portal Mie com Sora News





Tofuku-ji: belas cores de outono em Quioto

26 11 2018

A melhor época para apreciar as cores de outono no local dura até o fim de novembro

Tofuku-ji outono
Com a antiga capital do Japão resplandecente em cores magníficas do outono, milhares de visitantes se aglomeraram em Higashiyama, na província de Quioto, para se maravilhar com espetáculo.

No Templo Tofuku – Tofuku-ji – famoso pelo seu cenário de desfiladeiro com belas folhagens de outono, a multidão atingiu o pico na sexta (feriado), sábado e domingo com um número estimado de 35.000 visitantes por dia.

Templo Tofuku vista aerea

Todo o caminho percorrido no templo, cuja história remonta a meados do século 13, estava repleto de pessoas com câmeras nas mãos deslumbradas com as belas cores.

Os visitantes estavam encantados principalmente pela vista panorâmica de uma ponte, a Tsuten-kyo, onde cerca de 2.000 bordos japoneses pintam o vale em uma tela de cor vermelha e dourada.

O Templo Tofuku abre às 8h30, 30 minutos mais cedo do que o horário normal, até 02 de dezembro, visto que a melhor época para apreciar as cores de outono no local dura até o fim de novembro.

Clique aqui para ver a localização.


Fonte: Portal Mie com Asahi