Projeto para atrair turistas em Kyoto realiza casamentos gratuitos entre noivos estrangeiros

22 04 2015

Casal-KyotoUm casal britânico que se casou num santuário de Kyoto foi o primeiro a receber uma certidão comemorativa da cidade sob um programa recém-criado para atrair mais visitantes estrangeiros para a província, informou o jornal Asahi.

Stuart Roy Loakes e Emma Michelle Mulcahy trocaram as alianças em 10 de abril no santuário Kamigamojinja, no distrito de Kita, e em seguida receberam a certidão do prefeito Daisaku Kadokawa.

Embora não seja um documento oficial, a certidão assinada pelo prefeito, possui a seguinte declaração de congratulações. “Espero que durante suas jornadas de vida visitem Kyoto mais uma vez para avivar as memórias inesquecíveis que vocês estão construindo agora”. O projeto é gratuito e desde 6 de abril oferece a oportunidade para noivos estrangeiros participarem da cerimônia na província.

Para serem contemplados com a certidão comemorativa, os interessados devem primeiramente fazer uma solicitação ao governo local através de uma empresa que organize casamentos. Os certificados poderão ser emitidos em inglês, chinês e japonês.

Loakes disse que ele e sua esposa deixarão à mostra o documento em sua residência na Grã-Bretanha. O recém-casado de 34 anos disse que pretende falar de suas memórias de Kyoto para seus futuros filhos.
Fonte: IPC Digital

Anúncios




Japão atinge recorde de 11,25 milhões de visitantes estrangeiros em 2013

10 01 2014

O Japão registrou número recorde de visitantes estrangeiros em 2013, com 11,25 milhões de turistas, 2,08 milhões a mais do que no ano anterior, segundo dados publicados hoje (9) pelo Departamento de Imigração japonês. É a primeira vez que o país asiático supera os 10 milhões de visitas em um ano.

Segundo os dados oficiais, o aumento deve-se principalmente à forte queda do iene, que aumentou o poder de compra dos visitantes estrangeiros no Japão, e à flexibilização dos requisitos para a obtenção de vistos turísticos por cidadãos do Sudeste Asiático.

Os sul-coreanos foram os estrangeiros que mais viajaram para o Japão em 2013, com 2,3 milhões de visitantes, seguidos pelos taiwaneses (2,16 milhões) e os chineses (980 mil).

O número de visitantes da China foi recuperado gradualmente desde que, em setembro de 2012, a aquisição pelo governo nipônico das Ilhas Senkaku/Diaoyu – cuja soberania é reclamada por Pequim – afetou as relações entre os dois países e o turismo.

Em 2010, o Japão registrou 9,44 milhões de visitantes estrangeiros, número que viria a sofrer forte quebra – para 6,8 milhões de pessoas – em 2011 devido ao terremoto e tsunami de 11 de março, no Nordeste do país, que provocou a crise nuclear de Fukushima.

O volume de visitantes começou, contudo, em 2012 uma recuperação das visitas até 8,4 milhões de pessoas.
Fonte: EBC com informações da Agência Lusa