Festival de Neve de Sapporo começa nesta sexta com 208 esculturas

5 02 2016

A neve utilizada no evento é equivalente ao carregamento de 6.500 caminhões de cinco toneladas

festival de sapporo 2016O Sapporo Yuki Matsuri, o festival de neve mais conhecido do Japão que acontece todos os anos na capital de Hokkaido, começou nesta sexta-feira (5). O evento prossegue até o próximo dia 11.

Nas três praças onde o festival é realizado, os visitantes podem ver de graça 208 esculturas gigantes de neve ou gelo. Todos os anos, durante os sete dias de evento, comparecem cerca de 2 milhões de pessoas.

As esculturas do Sapporo Yuki Matsuri, que está na 67ª edição, costumam homenagear pessoas que estão em evidência no momento, personagens de filmes e mangás ou então construções famosas, como patrimônios históricos.

Os monumentos e personagens começam a ser modelados cerca de 15 dias antes da abertura. A neve utilizada é equivalente ao carregamento de 6.500 caminhões de cinco toneladas, segundo o jornal Asahi.

67º Festival de Neve de Sapporo (さっぽろ雪まつり)
Quando: de 05 a 11 de fevereiro
Locais de exposição
Parque Oodori: onde ficam as maiores esculturas de neve. Iluminado até as 22h
Susukino: as ruas se fecham para mostrar esculturas de gelo. Iluminado até as 23h
Tsudomu: o local tem esculturas e espaço de lazer para crianças. Das 9h às 17h
Informações: 011-209-5020, Associação de Turismo de Sapporo, das 9h às 20h (horário durante o festival)
Fonte: Alternativa





Usina nuclear de Fukushima se transforma em popular destino turístico

12 01 2016

fukushima-japaoPode parecer surreal, mas a usina nuclear de Fukushima, onde cerca de 7 mil pessoas trabalham dia e noite para desativar o reator danificado que assustou o mundo em março de 2011, está se tornando um destino turístico popular.

Até o final de setembro do ano passado – pouco mais de quatro anos após o acidente nuclear – cerca de 16 mil pessoas já havia visitado a usina.

Inicialmente, os visitantes eram predominantemente políticos e jornalistas. Mas, recentemente, pessoas comuns estão se inscrevendo para controverso passeio.

Nana Ohashi, uma estudante universitária que visitou o local no ano passado juntamente com outros 18 colegas, disse ao jornal Asahi que será impossível de sua geração ignorar os problemas da energia nuclear.

O passeio conhecido pela sigla AFW (Appreciate Fukushima Workers) ou “Apreciar Trabalhadores Fukushima”, é organizado por um ex-funcionario da TEPCO (Tokyo Electric Power Co), operadora da usina.

Akihiro Yoshikawa começou a organizar as visitas monitoradas em 2015 como o objetivo de mostrar os trabalhos de desmantelamento da usina aos moradores da região.

“Se os cidadãos comuns abandonarem o interesse pelo local, a instalação ficará ainda mais fechada para o resto do mundo”, disse Yoshikawa ao Asahi.

Ao contrário dos trabalhadores do local, os visitantes não são obrigados a usar equipamentos de proteção. O traje básico é composto por luvas de algodão, calçados especiais e máscaras descartáveis. No entanto, os visitantes são obrigados a carregar um aparelho que mede a radiação. Para reduzir a exposição à radiação, os visitantes permanecem o tempo todo dentro do ônibus com as janelas fechadas.

De acordo com a TEPCO, cerca de 900 pessoas visitaram a usina no primeiro ano após o acidente. Desde então, o número anual de visitantes continua aumentando.
Fonte: IPC Digital





Japão: feriado de fim de ano provoca aglomerações em aeroportos e estações de trem bala

29 12 2015

Empresas aéreas pedem que passageiros cheguem com bastante antecedência devido as filas nos balcões

Aeroporto de HanedaDesde o último sábado (26), aeroportos e estações do trem bala estão lotadas em todo o Japão devido à movimentação do feriado de fim de ano. Milhares de pessoas em todo o país estão voltando para as suas terras natais e muitas famílias estão indo fazer turismo dentro e fora do país.

De acordo com uma reportagem da emissora NHK, o pico de aglomeração e congestionamento está sendo registrado nesta terça-feira e deve continuar até amanhã (30). Quase todos os voos nacionais com saída dos aeroportos de Kansai (Osaka) e Haneda (Tóquio) estão esgotados.

Companhias aéreas pediram que indivíduos que estejam com viagem marcada entre hoje e amanhã cheguem com o máximo de antecedência possível aos aeroportos devido à lentidão nos processos de check in e embarcação.

Trem bala
Não são apenas os aeroportos que estão congestionados. De acordo com a empresa JR (Japan Railway Company), as vendas de bilhetes do trem bala atingiram o pico nesta terça-feira e a situação deve continuar até a quarta-feira.

Por volta das 6h da manhã, a compra de bilhetes para o trem da linha Tokaido, com saída em Tóquio e destino a Hakata (Fukuoka), havia alcançado 150%. Ainda pela manhã, até 80% dos bilhetes dos trens com destino a Tohoku, Yamagata, Akita, Joetsu (Niigata) e Hokuriku haviam sido vendidos.

Algumas rodovias expressas também apresentaram congestionamento com o feriado de fim de ano. Por volta das 11h da manhã desta terça-feira, a saída Suzuka na província de Mie estava com 14 quilômetros de engarrafamento.

Além disso, um acidente na Rodovia Expressa Tomei provocou um congestionamento de 13 quilômetros, principalmente na saída Yokohama-machi.

Entre os dias dois e três de janeiro, a volta para a casa deve provocar novos congestionamentos em linhas do trem-bala, aeroportos e rodovias
Fonte: Alternativa





Loja Duty Free estilo aeroporto será inaugurada em Ginza no ano que vem

15 12 2015

Tokyu-building-dutyfree

Os turistas estrangeiros que visitarão Tóquio no ano que vem poderão fazer compras em uma Loja Duty Free que será inaugurada em Ginza na próxima primavera.

A loja duty free, que terá o mesmo estilo das lojas nos aeroportos, será inaugurada dentro do complexo Tokyu Plaza Ginza.

O complexo possui previsão de abertura no dia 31 de março do ano que vem e terá 125 lojas, entre elas, a Lotte Duty Free Shop que ocupará o oitavo e o nono andar.

No duty free produtos como bebidas alcoólicas, cigarros e cosméticos são isentos de impostos (diferentemente de lojas tax-free, que pode ser qualquer loja em que não haja cobrança do Shōhizei, o imposto sobre o consumo de 8%).
Fonte: IPC Digital com Asahi News





Fogos de artifício iluminam céu de Atami por três noites em dezembro

4 12 2015

hanabi atami
A Associação de Turismo pretende realizar o festival mesmo com chuva

Os festivais de fogos de artifício (hanabi taikai, 花火大会) são comuns no verão, mas em Atami (Shizuoka) esse tipo de evento acontece durante quase todo o ano.

Em dezembro, os fogos vão colorir e iluminar o céu da cidade durante três noites: nos dois próximos domingos (6 e 13) e no dia 23 (feriado pelo aniversário do imperador), das 20h20 às 20h45, com cerca de 3 mil disparos.

Os fogos são lançados do mar, na baía de Atami, e podem ser vistos de praticamente toda a cidade. Mas o melhor ponto é a praia principal, onde há "camarotes" gratuitos feitos de concreto.

hanabi atamihanabi atami

A topografia da cidade, que fica em uma serra, permite a formação de ecos dos estrondos. A Associação de Turismo de Atami pretende realizar o festival mesmo com chuva.

Mais informações podem ser obtidas aqui: ataminews.gr.jp/hanabi
Fonte: Alternativa





Tokyo Skytree já recebeu 20 milhões de visitantes desde sua inauguração há três anos e meio

12 11 2015

 ToquioSkytreeO número total de visitantes da Tokyo Skytree desde sua abertura ao público, há três anos e meio, ultrapassou 20 milhões esta semana.

Uma menina de nove anos, que foi a visitante de número 20.000.000, recebeu um grande buquê de flores em uma cerimônia comemorativa para marcar o evento, na segunda-feira, informou a Fuji TV. Ela e sua família tinham vindo da província de Gunma.

O recorde foi alcançado no 1.267º dia da Skytree, desde sua inauguração em Tóquio, em 22 de maio de 2012.

De acordo com representantes da Tokyo Skytree, mais da metade dos visitantes da torre são turistas de Taiwan, China e outros países. Disseram ainda, que eles estão começando a se preparar para fazer da Skytree o “novo símbolo do Japão.”
Fonte: IPC Digital com Japan Today





Manual do “japonês fácil”: Yaizu cria guia de atendimento para ajudar cidadãos estrangeiros

22 10 2015

prefeitura-yaisu-japanPara melhorar o atendimento aos visitantes estrangeiros com “japonês fácil”, a prefeitura de Yaizu criou um guia de tradução e interpretação direcionada para os atendentes da instituição.

O projeto visa simplificar frases e termos administrativos difíceis para o entendimento do público estrangeiro. Yusuke Maejima, presidente da seção de colaboração ao cidadão, disse: “Pretendemos proporcionar serviços administrativos de entendimento fácil não só para estrangeiros, mas também para todos os cidadãos. ”, noticiou Mainichi Shimbun.

De acordo com a prefeitura, a cidade de Yaizu possui cerca de 3000 estrangeiros, dentre eles brasileiros e filipinos. É a sétima cidade da província a possuir maior número de estrangeiros residentes.

A cidade possui, pelo menos, um intérprete para cada língua como inglês, espanhol e português. Porém, nos últimos tempos a prefeitura recebeu inúmeras consultas sobre documentos, ajudas sociais, entre outras que sobrecarregaram os intérpretes e, muitas vezes, prolongaram o tempo de atendimento.

Diante da dificuldade e, somando-se o fato de que existem estrangeiros com entendimento básico do japonês na cidade, a prefeitura completou o guia “japonês fácil”, impresso em 10 páginas para atendimento administrativo.

O manual, completado em setembro, traz frases e palavras comumente utilizadas no balcão de atendimento, com explicação e exemplos fáceis de serem entendidos pelos estrangeiros. Está indicado no manual, também, uma observação para que não sejam utilizados termos muito técnicos, que dificultam a compreensão do público estrangeiro.

Visando a política de atendimento eficiente e ajuda no suporte aos visitantes, o manual foi distribuído para todos os funcionários. Caso necessário, é autorizada a distribuição do guia para salas de aula da cidade.
Fonte: IPC Digital
shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.