Número de entrada de brasileiros no Japão supera o de saída no 1º semestre

29 08 2017

Apenas em abril o número de saída foi maior que o de entrada

aumento brasileiros residentes
O número de brasileiros residentes no Japão apresentou alta nos seis primeiros meses deste ano. O aumento pode ser constatado ao analisar os dados publicados pelo Ministério das Justiça entre janeiro e junho de 2017.

Neste período, o número de entradas de brasileiros chegou a 40.462, enquanto o de saídas somou 32.749 brasileiros. A diferença é de 7,7 mil brasileiros a mais que entraram no arquipélago.

Segundo os dados, o mês que mais registrou entradas de brasileiros no país foi janeiro, com 8.005 pessoas. Em contrapartida, o maior número de saídas foi em abril, com 7.703 brasileiros deixando o país.

Abril foi o único dos seis primeiros meses do ano em que as saídas de brasileiros superaram as entradas. Nos outros meses o saldo foi positivo.

O relatório divulgado pelo governo japonês não traz nenhuma surpresa para quem acompanha o movimento migratório brasileiro. Janeiro é o mês no qual grande número de brasileiros retorna ao Japão depois das férias de final de ano. E abril é o primeiro mês do ano fiscal japonês, quando as empresas já dispensaram os funcionários temporários, dos quais grande número toma o caminho de retorno ao Brasil.

Além disso, as crises econômica e política no Brasil têm levado muitas pessoas a tentarem a sorte no mercado de trabalho japonês, carente de mão de obra.
Fonte: Alternativa

Anúncios




Reconhecimento facial em aeroportos poderá acelerar processo de entrada e saída

7 07 2017

Portões automatizados com a tecnologia vão acelerar os procedimentos com os japoneses, liberando assim mais funcionários da imigração para fazer a triagem de passageiros estrangeiros

reconhecimento facial japao
O Ministério da Justiça anunciou na terça-feira (4) um plano para introduzir um novo tipo de portão automatizado nos principais aeroportos do país. O objetivo é acelerar os procedimentos de passageiros japoneses enquanto permite que mais funcionários da imigração façam a triagem de cidadãos estrangeiros, em uma medida que visa conter o terrorismo e bloquear a entrada ilegal.

“Ao suavizar os processos de imigração de entrada e saída para os cidadãos japoneses, podemos ter mais funcionários realizando a triagem de cidadãos estrangeiros”, de acordo com um comunicado de imprensa divulgado pelo ministério no dia 4 de julho.

Com a expectativa de que 40 milhões de turistas do exterior venham ao Japão em 2020, e 60 milhões em 2030, é fácil prever que aeroportos tenham falta de funcionários da imigração, de acordo como o Ministério da Justiça.

Os novos portões vão destacar câmeras que tiram foto dos passageiros. Ao usar a tecnologia de reconhecimento facial, a foto tirada será comparada com dados de imagem obtidos de passaportes. O processo todo vai levar menos de 15 segundos.
Portões do tipo também serão instalados nos aeroportos de Narita, Chubu e Kansai

O ministério introduziu portões automatizados similares que usam autenticação de impressão digital em 2007, mas menos de 10% dos passageiros os usaram em 2016. É possível que os portões não tenham se popularizado porque exige-se que os usuários registrem suas impressões digitais antes de seus voos, disse um funcionário. Os novos portões não vão exigir tal registro com antecedência.

Três unidades desse tipo vão ser instaladas no Aeroporto de Haneda (Tóquio) no início de outubro, que serão usados por passageiros japoneses na chegada.

A previsão é de que tais portões automatizados sejam instalados em outros 3 principais aeroportos – Narita (Chiba), Chubu (Aichi) e Kansai (Osaka) – até o final de 2018.

Para cidadãos estrangeiros que vêm ao Japão geralmente a negócios, portões automatizados já estão disponíveis em principais aeroportos desde novembro passado.
Fonte: Portal Mie com Japan Times





Aeroporto Internacional de Kansai ganha área de jogos gratuitos da Nintendo

21 06 2017

O aeroporto de Osaka vai inaugurar uma nova área de entretenimento chamada Nintendo Check In

Nintendo Check In1
O Japão ocupa uma posição única no mundo das viagens tanto que sua cultura pop tradicional e moderna aparece em peso para os turistas estrangeiros. Então, enquanto alguns vêm ao Japão porque o país é a terra das cerimônias do chá, castelos de samurais e quimonos, outros entram a bordo do avião em direção à terra do sol nascente porque ela é o local de nascimento da fabricante de jogos eletrônicos Nintendo.

As operadoras do Aeroporto Internacional de Kansai, localizado em Osaka, têm plena consciência de que muitas dos estrangeiros que vêm ao Japão, principalmente os jovens viajantes, foram atraídos por um amor aos jogos da Nintendo e, para iniciar suas estadas no país de uma forma divertida, o aeroporto vai inaugurar uma área de entretenimento chamada Nintendo Check In.

Nintendo Check In2

Localizada no 1º andar do Terminal 1, as pessoas que visitarem a Nintendo Check In serão recebidas por uma estátua sorridente do Mario, girando seu boné da próxima Odisseia Super Mario. Várias estações de demonstração serão instaladas com equipamentos Nintendo Switch e 3DS, assim como dispositivos inteligentes, os quais os viajantes poderão testar vários jogos da Nintendo gratuitamente.

Nintendo Check In5

Enquanto pareça que a Nintendo Check In seja uma adição permanente ao aeroporto, para celebrar sua inauguração, decorações especiais da Nintendo estarão em vários locais do complexo por um tempo limitado. A Nintendo promete que as imagens do Mario e seus companheiros saúdem os viajantes assim que eles deixarem o avião, sorrindo para eles nas passarelas que os levam até a seção de uso geral do aeroporto.

Nintendo Check In3

A Nintendo Check In vai ser inaugurada em 23 de junho (sexta-feira) e funcionará diariamente das 10h30 às 17h30. Para celebrar sua adição ao Aeroporto Internacional de Kansai, o próprio Mario (ou seu equivalente fantasiado) estará cumprimentando o público e disponível para fotos entre os dias 23 e 25 de junho nos horários das 10h, 12h, 13h30 e 15h.

Nintendo Check In4

Para mais informações sobre a Nintendo Check In no Aeroporto Internacional de Kansai: Topics Nintendo (em japonês)
Fonte e imagens: Portal Mie com Nintendo





Festival das Flores no Nabana no Sato

27 04 2017

Nabana no Sato está realizando o “Hana Matsuri” (Festival de Flores)

Parque Nabana no Sato
O belo e famoso parque de flores Nabana no Sato, localizado na cidade de Kuwana, província de Mie, está realizando o seu “Hana Matsuri” (Festival de Flores) até o mês de julho.

De acordo com o site oficial do parque, até o final de abril, as tulipas é que farão o show e darão lugar também às rosas a partir de maio. A temporada de iluminação no parque será realizada até o dia 7 do mês que vem.

Parque Nabana no Sato tulipas
Nabana no Sato (なばなの里)
Horário de funcionamento: das 9h às 21h
Entrada: ¥2.300 (cupom de ¥1.000 incluído para gastar dentro do parque)
Site para informações: Nabana Festival ( em japonês)
Fonte: Portal Mie |Fotos: Heidi Nagahashi





Clima de primavera espalha carpete colorido de flores em Tóquio

17 02 2017

Flores deixaram a capital do Japão super colorida

toquio-flores
Somente alguns dias após a região oeste do Japão ter registrado recordes de neve, uma frente de alta pressão trouxe um clima agradável com temperaturas típicas de março e abril na quinta-feira (16), de acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

As temperaturas mais quentes espalharam carpetes de flores amarelas em toda a área central de Tóquio, com 300.000 colzas embelezando o Hama-rikyu, jardim localizado no distrito de Chuo.

Segundo a operadora do jardim, a próxima semana é o período perfeito para visitar o histórico parque e jardim, enquanto os visitantes podem desfrutar simultaneamente das flores de colza e de ameixeiras ao fundo.

Para mais detalhes sobre o jardim: Hama-Rikyu Gardens (em japonês e inglês)
Fonte: Portal Mie com Asahi





Ministério quer trazer mais voos internacionais a aeroportos regionais

22 12 2016

Japão quer aumentar voos internacionais e oferecerá benefícios às empresas aéreas

ana-airlines
O Ministério dos Transportes do Japão vai encorajar as empresas aéreas, incluindo as de baixo custo (LCCs), a operarem mais voos internacionais fora de grandes cidades para atrair mais turistas estrangeiros.

Cerca de 90% dos visitantes estrangeiros que vêm ao Japão entram através dos centros mais movimentados que servem Tóquio e Osaka e somente 6% desses turistas desembarcam em aeroportos regionais.

Autoridades do ministério dizem que vão subsidiar a construção de instalações relacionadas para alfândega, quarentena e controle de imigração.

O ministério também fornecerá benefícios financeiros por 3 anos, com início no próximo ano fiscal, a empresas aéreas que lançarem ou aumentarem voos internacionais em aeroportos regionais.

O ministério incluirá cerca de 8,5 milhões de dólares no projeto de orçamento do ano fiscal de 2017 para financiar essas medidas.
Fonte: Portal Mie com NHK





Parlamento Japonês cria comitê para incentivar estrangeiros residentes a estudar “nihongo”

13 11 2016

A medida tem como objetivo incentivar os estrangeiros ao aprendizado da língua local para que possam melhor colaborar com o crescimento da economia
lousa
O Parlamento Japonês criou um comitê encarregado de estudar formas para incentivar os estudantes e trabalhadores estrangeiros residindo no Japão a aprender a língua japonesa. O Ministro da Educação, Takeo Kawamura, do Partido Liberal-Democrata, foi designado como presidente do comitê instalado na terça-feira (8), informou o jornal Mainichi. O cargo de vice-Presidente deve ficar com Masaharu Nakagawa, do Partido Democrático Progressista, ex-Ministro da Educação no governo do Primeiro-Ministro Yoshihiko Noda (2011-2012).

A medida tem como objetivo incentivar os estrangeiros ao aprendizado da língua local para que possam melhor colaborar com o crescimento da economia.

O Governo Japonês vem abrindo o mercado de trabalho para mão de obra estrangeira em diversos setores. Em 2015, o número de estrangeiros vivendo no Japão era de 2,2 milhões, o maior desde 1959, quando esse tipo de dado começou a ser coletado. No entanto, o total é baixo se comparado a outros países do G-7, o grupo das sete maiores economias do planeta. Segundo dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social, do total de estrangeiros, 41% ou 907 mil foram declarados como trabalhadores.

Os parlamentares membros do comitê devem estudar formas para aumentar o número de professores de língua japonesa para estrangeiros, criando se for necessário uma legislação específica para a promoção da língua local. Não se sabe se a obrigatoriedade da formação escolar até o ensino fundamental japonês, também para estrangeiros, fará parte do texto.
Fonte: Alternativa