Parlamento Japonês cria comitê para incentivar estrangeiros residentes a estudar “nihongo”

13 11 2016

A medida tem como objetivo incentivar os estrangeiros ao aprendizado da língua local para que possam melhor colaborar com o crescimento da economia
lousa
O Parlamento Japonês criou um comitê encarregado de estudar formas para incentivar os estudantes e trabalhadores estrangeiros residindo no Japão a aprender a língua japonesa. O Ministro da Educação, Takeo Kawamura, do Partido Liberal-Democrata, foi designado como presidente do comitê instalado na terça-feira (8), informou o jornal Mainichi. O cargo de vice-Presidente deve ficar com Masaharu Nakagawa, do Partido Democrático Progressista, ex-Ministro da Educação no governo do Primeiro-Ministro Yoshihiko Noda (2011-2012).

A medida tem como objetivo incentivar os estrangeiros ao aprendizado da língua local para que possam melhor colaborar com o crescimento da economia.

O Governo Japonês vem abrindo o mercado de trabalho para mão de obra estrangeira em diversos setores. Em 2015, o número de estrangeiros vivendo no Japão era de 2,2 milhões, o maior desde 1959, quando esse tipo de dado começou a ser coletado. No entanto, o total é baixo se comparado a outros países do G-7, o grupo das sete maiores economias do planeta. Segundo dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social, do total de estrangeiros, 41% ou 907 mil foram declarados como trabalhadores.

Os parlamentares membros do comitê devem estudar formas para aumentar o número de professores de língua japonesa para estrangeiros, criando se for necessário uma legislação específica para a promoção da língua local. Não se sabe se a obrigatoriedade da formação escolar até o ensino fundamental japonês, também para estrangeiros, fará parte do texto.
Fonte: Alternativa

Anúncios




Novo sistema de imigração será implantado este mês no Japão

16 10 2016

Ao entrar no Japão os passageiros estrangeiros terão fotos do rosto tiradas automaticamente

japanese-immigration

A nova medida entrará em vigor a partir de 17 deste mês, anunciou o Ministério da Justiça, na sexta-feira (14). Quase todos os estrangeiros que passarem pela inspeção do Departamento de Imigração, nos 157 portos e aeroportos do país, terão fotos do rosto tiradas automaticamente.

A medida visa bloquear a entrada de terroristas no país, incluindo as identidades falsas. Para isso, foi desenvolvido um sistema que faz comparação e reconhecimento facial automático dos terroristas armazenados em arquivo. Assim, o país pretende se preparar para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020, para garantir a segurança. No caso de detectar identificação com algum terrorista, tomará medidas de deportação.

Para reforço da identificação facial, o ministério declarou que conta com a troca de informações entre as instituições policiais do país e também com a Organização Internacional de Polícia Criminal (OIPC), para constante atualização.

Desde 2007, excluindo os estrangeiros residentes com vistos especiais e diplomatas, os estrangeiros que passam pela inspeção tem a foto do rosto registrada por uma câmera e deixa a impressão digital. Até o momento, essas fotos eram analisadas com o banco de dados de suspeitos de terroristas, mas atualmente, recebendo informações das agências de inteligência estrangeiras aumenta o material para a análise.

O governo utilizou-se de uma verba suplementar na ordem de 640 milhões de ienes para a manutenção desses equipamentos. Assim, espera-se melhorar a eficiência para a análise e julgamento por parte da inspeção dos funcionários do Departamento de Imigração, para não permitir a entrada de terroristas.

Atenção: estão excluídos do alvo da nova medida, os estrangeiros diplomatas, menores de 16 anos e os passageiros com visto de permanência especial no país.
Fonte: Portal Mie com Asahi e NHK





Maio registra 5º mês seguido de aumento do número de brasileiros no Japão em 2016

26 07 2016

Segundo dados do Ministério da Justiça, 6.292 brasileiros chegaram ao país

visto-japaoO número de brasileiros que estão retornando ao Japão vem aumentando mês a mês. Desde janeiro, o número de entradas de brasileiros no país vem superando o número de saídas, fenômeno que não acontece desde a crise econômica de 2008, desencadeada pela falência do banco de investimentos Lehman Brothers.

Dados divulgados nesta segunda-feira (25) pelo Ministério da Justiça mostram que, em maio, chegaram ao país 6.292 brasileiros. Deste total, 55% possuíam visto permanente, de longa duração e de cônjuges e descendentes de japoneses. Em contrapartida, 5.026 brasileiros deixaram o Japão no mesmo período.

Entre janeiro e maio, 30.062 brasileiros desembarcaram nos aeroportos do país enquanto 23.620 embarcaram rumo ao Brasil ou a outros países. O saldo é de 6.442 brasileiros a mais residindo nas 47 províncias japonesas.

O Ministério prevê que cerca de 5,3 mil brasileiros tenham entrado no Japão em junho. O número de saídas deve ser divulgado apenas no final de agosto.
Fonte: Alternativa





Japão: Excursões ao Palácio Imperial já estão disponíveis sem reserva prévia

27 06 2016

Os visitantes podem participar das excursões guiadas sem reserva prévia, mas é necessário preencher um formulário antes do passeio

palacio imperial do japaoA Agência da Casa Imperial, introduziu neste sábado (25) um sistema de registro no mesmo dia para visitas guiadas de partes do Palácio Imperial, no centro de Tóquio para permitir que os visitantes possam ver o local sem reserva prévia.

A medida foi tomada de acordo com a estratégia do governo para impulsionar o turismo no Japão, que pretende aumentar o número anual de visitantes estrangeiros para 40 milhões até 2020, quando Tóquio sediará os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

Atualmente, as explicações e instruções são dadas por funcionários somente em japonês durante a excursão, que leva aproximadamente 75 minutos. A agência disse que está tentando preparar uma orientação gravada em outras línguas.

Sob o novo regime, o número máximo de visitantes aumentará de 300 para 500 para cada um dos passeios, com registro no mesmo dia disponível para 300 pessoas, disse a agência.

Os passeios serão realizados duas vezes por dia, de terça a sábado, mas não estarão disponívelis aos domingos e segundas-feiras.

Os pontos que os visitantes podem ver durante os passeios incluem os Jardins Orientais, a Ponte Seimon Tetsubashi e o edifício da Agência da Casa Imperial.

Os visitantes que quiserem registrar no mesmo dia devem terminar os procedimentos de registro antes dos passeios da manhã e tarde começarem, às 10h00 e 13h30, respectivamente, mostrando um documento de identificação e preenchendo um formulário, disse a agência.

O local para o registro está localizado fora do Portão Kikyomon do Palácio Imperial, perto da Estação de Tóquio.
Fonte: Alternativa





Começa a temporada para saborear cerejas colhidas no pé em Shiga

4 06 2016

Colher as cerejas no pé chama-se sakuranbo-gari em japonês

cerejaCom o calor as cerejas ficam mais doces, convidativas para um passeio diferente de degustação dessas frutas frescas. Uma chácara de 85 acres localizada na província de Shiga já abriu suas portas para receber visitantes para colherem as cerejas no pé. São 3 variedades em 380 pés de cerejeira, com teor de doçura intensa por causa do calor das últimas semanas.

Até este fim de semana a cereja do tipo kankaouto, a mais doce, ainda pode ser colhida. A partir da segunda quinzena deste mês de junho, a variedade american cherry vai estar no ponto para ser colhida e degustada.

Segundo informações do jornal Chunichi, o ideal é chegar cedo porque o número de visitantes é limitado e não informou o valor dessa atividade.

A chácara fica em Shiga-ken Takashima Makino-cho Terakubo 835-1 
Telefone para reserva: 0740-27-1811 – Makino Pick Land.

Para chegar ao local, clique aqui neste link.
Fonte: Portal Mie





Parque próximo ao Monte Fuji exibirá 210 mil tulipas a partir de sábado

12 04 2016

Ao todo, são 150 espécies de tulipas, com variações de cores e formatos

Parque de Diversões Grinpa
Com o fim da temporada de apreciação de cerejeiras, chegou a vez das tulipas encantarem a primavera japonesa. A partir do próximo sábado (16), o Parque de Diversões Grinpa, em Susono (Shizuoka), irá sediar o Festival de Tulipas 2016, com a incrível paisagem de 210 mil flores coloridas e o Monte Fuji ao fundo.

De acordo com uma reportagem do portal Mynavi, o evento vai até o dia 29 de maio com a exibição de 165 mil flores em sua área principal, denominada de “colina das tulipas”. Ao todo, são 150 espécies de tulipas, com variações de cores como vermelho, rosa e amarelo.

O tapete de tulipas se estende em uma área do parque a uma altitude de 1.200 metros em relação ao nível do mar. Nesta paisagem perfeita, é possível apreciar a natureza e as fileiras de flores que parecem não ter fim.

Este ano, os visitantes poderão conhecer também o “Campo Tulipa Mix”, um novo espaço aberto para a apreciação das flores, que inclui também variedades de cerejeiras e a esplêndida visão do Monte Fuji.

O festival estará acontecendo das 9h30 às 17h de segunda a sexta-feira e das 9h às 17h aos sábados, domingos e feriados. O ingresso pode ser adquirido por ¥1.200 para adultos e ¥800 para crianças e idosos. O estacionamento custa ¥1.000 para utilizar o dia todo.
Grinpa em Susono

Endereço: 〒410-1231 Shizuoka-ken Susono-shi Suyama Aza Fujiwara 2427
Telefone: 055-998-1111
Fonte: Alternativa





Serviço de táxi exclusivo para atender estrangeiros começa a ser oferecido em Kyoto

5 03 2016

taxi

A cidade de Kyoto fechou parceria com o Ministério de Terras, Infraestrutura, Transportes e Turismo para oferecer serviços de táxi para estrangeiros em frente a estação JR Kyoto durante um ano.

Os táxis, que foram inaugurados na terça-feira (1), tem o objetivo de atender a crescente demanda de turistas estrangeiros, afirmou um representante. Se o serviço tiver um bom retorno, ele poderá ser oferecido em todo o Japão.

O Foreigner Friendly Taxi (Taxi Amigável para Estrangeiros, em tradução livre), aceitará pagamento por cartão de crédito, poderá abrigar duas malas grandes dentro do veículo e será dirigido por pessoas com ótimo conhecimento dos idiomas inglês e chinês.

Os participantes do período de testes, que operará até março de 2017, incluem 23 empresas com uma frota de 67 veículos e 87 motoristas.

No passado, representantes de Kyoto informaram que houveram casos onde taxistas recusaram transportar estrangeiros devido ao medo da dificuldade de comunicação. Contudo, com a designação de táxis amigáveis para estrangeiros, a cidade espera eliminar futuros mal-entendidos por problemas de comunicação.

Para celebrar o início do novo serviço, uma cerimônia foi feita na terça-feira (1) em frente ao ponto dos táxis na estação JR Kyoto. Entre os presentes estava um instrutor de idiomas da Espanha, mas que agora reside permanentemente em Kyoto, que disse: “Foi um problema quando alguns taxistas perguntavam pelo meu destino escrito em kanji. Mas com este serviço, mesmo se você não puder falar Japonês, não será um problema”.
Fonte: IPC Digital com Japan Today