Sakura contracena com colorido de outono, em Toyota

19 11 2019

O período para apreciar milhares de cerejeiras floridas contracenando com o ‘koyo’, o vermelho do outono

shikizakura1
Quando se fala em sakura logo vem à imagem a primavera. Mas em Toyota (Aichi) tem uma vasta plantação, cultivada pelos moradores locais, da variedade shikizakura (四季桜), a qual floresce no outono e na primavera.

Essa cerejeira foi trazida para o local na era Edo e os moradores foram cuidando e aumentando ano após ano. Hoje são mais de 10 mil pés plantados e cuidados na encosta da montanha.

As cerejeiras floridas contracenam com o colorido do outono e as pessoas que visitam o local não resistem à tamanha beleza. Não cansam de tirar selfies ou de registrar em fotos e vídeos esse encanto do rosa suave em contraste com o laranja e vermelho.

Como o período do koyo é curto, essa harmonia pode ser vista somente até o começo da próxima semana, ou cerca de 25 de novembro. Mas, as cerejeiras continuarão floridas até a primeira quinzena de dezembro.

shikizakura2

O local onde se aprecia é a área chamada de Obara, nas margens da rodovia nacional 419 (clique aqui para abrir o mapa).
Fonte: Portal Mie com CBC TV e Tokai TV





Locais para apreciar as cores do outono na região Kanto

7 11 2019

Em Nikko, as folhas coloridas se espalham por toda a cidade

outono em Kanto1
Com a queda brusca da temperatura, as folhas de algumas espécies de árvores, até então verdes, mudam de cor, em tons de amarelo e vermelho. Depois, elas secam e caem, deixando os galhos “pelados”. Esse fenômeno é chamado de koyo (紅葉), palavra formada pelos kanjis beni (vermelhão) e ha (folha).

As árvores caducas, que se desfolham no frio e até parece que morreram, ficam verdes de novo somente na primavera seguinte, reavivadas com o surgimento de brotos. O ciclo natural se repete todos os anos, deixando clara a existência de estações bem definidas.

A coloração das folhas é motivo para que os japoneses promovam excursões, piqueniques em parques ou, simplesmente, saiam de casa para apreciar o fenômeno.

De uma forma geral, o belo espetáculo da natureza tem pico em outubro e novembro -existe uma grande variação porque a mudança de cor depende da temperatura.

Confira alguns locais para apreciar as cores de outono na região Kanto:

outono em Kanto2
↑ Icho Namiki (Tóquio)
A avenida ladeada de altas árvores de gingko biloba em ambos os lados está no topo da lista dos melhores locais para apreciar o koyo na capital japonesa. Localizado nas proximidades das estações de metrô Gaienmae e Aoyama-Icchome, a avenida se transforma num amarelo brilhante no final de novembro, atraindo multidões.

Todos os anos, um festival, nos jardins do santuário Meiji Jingu, celebra a mudança de estação e o tom amarelado das árvores. Nesse ano, o Jingu Gaien Icho Matsuri será realizado entre os dias 15 de novembro e 1º de dezembro, das 10 às 17h30, com entrada gratuita.
Quando ir: final de novembro a início de dezembro.
Endereço: Tokyo-to Minato-ku Kita Aoyama 2 (a poucos minutos da estação Aoyama-Icchome ou Gaienmae).

outono em Kanto3

↑ Nikko (Tochigi)
Destino muito procurado pelos turistas durante todo o ano, especialmente durante o koyo. As folhas coloridas se espalham por toda a cidade, começando pelo lago Chuzenji, as 48 curvas de Irohazaka, e gradualmente descem para os locais históricos como o santuário Nikko Toshogu.
Quando ir: final de novembro a início de dezembro.
De carro: na saída Utsunomiya da rodovia expressa Tohoku pegue a rodovia Nikko Utsunomiya até a saída Nikko.
Acesso de trem: estação Tobu Nikko ou JR Nikko.

outono em Kanto4

↑ Monte Takao – Hachioji (Tóquio)
A temporada está favorável aos montanhistas. Para quem mora aos arredores de Tóquio, a recomendação é uma visita ao Monte Takao, na cidade de Hachioji, ao oeste da província.

A montanha de 699 metros de altitude abriga pelo menos 1.200 espécies de plantas e, no outono, o destaque vai para as variedades de Bordo, que colorem a paisagem desde a parte plana até o topo. A natureza esplêndida durante a estação concedeu ao Monte Takao o primeiro lugar no ranking dos mais belos locais para visitar no outono japonês, elaborado pelo portal Walker Plus.

Quem tiver fôlego para subir a montanha pode escolher entre nove opções de rotas de escalada. Além das belezas do outono, o montanhista poderá conhecer os tradicionais templos Yakouin e Yakouin Fue, este último criado no ano de 744 por ordem do imperador Shomu.
Quando ir: O pico de coloração das folhas ocorre entre 15/11 e 30/11.
Endereço: 〒193-0844 Tokyo-to Hachioji-shi Takaomachi (50 minutos de Shinjuku pela Linha Keio).

outono em Kanto5

↑ Hananuki Keikoku – Takahagi (Ibaraki)
Prepare-se para apreciar lindos tapetes formados por folhas vermelhas ao visitar o Vale de Hananuki na cidade de Takahagi, ao nordeste de Ibaraki. O local é repleto de cachoeiras e árvores do gênero Acer (bordo), que transformam o vale em um dos ambientes mais espetaculares durante o outono japonês.

A região de Hananuki abriga a área de camping Kotakizawa, que pode ser uma ótima opção para quem busca um pouco de aventura e deseja intensificar a experiência no ambiente natural. O espaço conta com banheiros, churrasqueiras e não há custo de uso ou necessidade de reservar.

Aproveite o passeio para explorar as trilhas de caminhada que levam aos locais mais bonitos do Vale. Não deixe de conhecer também a bela ponte suspensa Shiomitakitsuri, onde é possível ter umas das visões mais espetaculares do outono de Hananuki.
Quando ir: O pico de coloração das folhas ocorre entre 15/11 e 30/11.
Endereço: 〒318-0104 Ibaraki-ken Takahagi-shi Nakadogawa Ono.
Fonte: Alternativa