Manual do “japonês fácil”: Yaizu cria guia de atendimento para ajudar cidadãos estrangeiros

22 10 2015

prefeitura-yaisu-japanPara melhorar o atendimento aos visitantes estrangeiros com “japonês fácil”, a prefeitura de Yaizu criou um guia de tradução e interpretação direcionada para os atendentes da instituição.

O projeto visa simplificar frases e termos administrativos difíceis para o entendimento do público estrangeiro. Yusuke Maejima, presidente da seção de colaboração ao cidadão, disse: “Pretendemos proporcionar serviços administrativos de entendimento fácil não só para estrangeiros, mas também para todos os cidadãos. ”, noticiou Mainichi Shimbun.

De acordo com a prefeitura, a cidade de Yaizu possui cerca de 3000 estrangeiros, dentre eles brasileiros e filipinos. É a sétima cidade da província a possuir maior número de estrangeiros residentes.

A cidade possui, pelo menos, um intérprete para cada língua como inglês, espanhol e português. Porém, nos últimos tempos a prefeitura recebeu inúmeras consultas sobre documentos, ajudas sociais, entre outras que sobrecarregaram os intérpretes e, muitas vezes, prolongaram o tempo de atendimento.

Diante da dificuldade e, somando-se o fato de que existem estrangeiros com entendimento básico do japonês na cidade, a prefeitura completou o guia “japonês fácil”, impresso em 10 páginas para atendimento administrativo.

O manual, completado em setembro, traz frases e palavras comumente utilizadas no balcão de atendimento, com explicação e exemplos fáceis de serem entendidos pelos estrangeiros. Está indicado no manual, também, uma observação para que não sejam utilizados termos muito técnicos, que dificultam a compreensão do público estrangeiro.

Visando a política de atendimento eficiente e ajuda no suporte aos visitantes, o manual foi distribuído para todos os funcionários. Caso necessário, é autorizada a distribuição do guia para salas de aula da cidade.
Fonte: IPC Digital
shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Anúncios




Japão: aeroportos começam a testar scanners corporais ultramodernos

9 10 2015

Equipamento será lançado no país como medida antiterrorista para aumentar a segurança nos voos

scaner corporalOs novos equipamentos de scanner corporal estarão em fase de testes nos aeroportos de Kansai, Narita e Haneda a partir da próxima quinta-feira, dia 15, informou a emissora NHK nesta sexta-feira.

Com o objetivo de combater o terrorismo e aumentar a segurança nos aeroportos, o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo pretende instalar os scanners corporais em todos os aeroportos internacionais do país até o ano de 2020, que será marcado pelos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Mais eficiente do que o detector de metais, o scanner permite que objetos afiados e substâncias utilizadas em explosivos e que não são reconhecidas pelo sistema atual sejam detectadas. Desta forma, é possível garantir a segurança plena dos voos.

O scanner funciona através da emissão de ondas eletromagnéticas. Antes, o Japão possuía resistência na aceitação dos equipamentos devido à falta de privacidade. No entanto, a máquina adotada faz uma esquematização do corpo humano ao invés de mostrar o usuário nu na fiscalização.
Fonte: Alternativa