Linha de monotrilho mais antiga do Japão encerrará operações

28 01 2019

O sistema de monotrilho começou a ser usado em dezembro de 1957 como um projeto piloto em que Tóquio buscou uma alternativa para os bondes no período pós-guerra

monotrilho
A operação da linha de monotrilho mais antiga do Japão será suspensa em um zoológico de Tóquio em novembro após funcionamento de 62 anos, visto que os atuais veículos estão se desgastando, disse o governo metropolitano na quarta-feira (23).

O governo não deixou claro se a operação do monotrilho no Ueno Zoological Gardens retomaria após uma interrupção com início em 1º de novembro, citando altos custos operacionais.

O zoológico começou a usar o sistema, que tem uma rota de 300 metros e vagões pendurados por uma espécie de braço de um lado, em dezembro de 1957 como um projeto piloto em que Tóquio buscou uma alternativa para os bondes no período pós-guerra.

O zoológico opera duas faixas de monotrilho entre o lado leste e oeste da área. A viagem de 90 segundos custa 150 ienes e atrai mais de 1 milhão de passageiros por ano, de acordo com o governo metropolitano.

Após o sistema de monotrilho ser desativado, o zoológico usará transporte em terra, como veículos elétricos, para transportar os passageiros, gratuitamente, disse o governo metropolitano.
Fonte: Portal Mie com Kyodo