Coronavírus pode infectar 80% da população japonesa se medidas não forem reforçadas, diz especialista

20 03 2020

Aglomerações de pessoas devem ser evitadas, segundo as autoridades

corona população japão
Um painel de especialistas que orienta o governo japonês sobre o novo coronavírus disse que 80% da população do país poderia ser infectada se nenhuma medida for tomada para combater a doença, informou a emissora NHK nesta sexta-feira (20).

No pior cenário, segundo Hiroshi Nishiura, professor da Universidade de Hokkaido, a proliferação do novo vírus poderia ser igual ou pior à atual situação de alguns países europeus, onde o número de mortos e infectados cresceu de forma descontrolada.

Considerando uma cidade com 100 mil habitantes, o número de novos casos de coronavírus poderia chegar a mais de 5 mil por dia depois do 50º dia desde o surto, atingindo 79,9% dos moradores, e mais de 1.000 pacientes do grupo de risco (idosos e portadores de doenças) precisariam de cuidados intensivos, ultrapassando a capacidade médica local.

Por isso, segundo o professor, é importante o governo reforçar as medidas adotadas até agora, evitando grandes eventos e a aglomeração de pessoas, principalmente em locais fechados com pouca ventilação.

Por outro lado, o painel de especialistas defendeu que as áreas do Japão com baixo número de casos de coronavírus podem considerar a retomada de aulas e de eventos esportivos e culturais ao ar livre.

Shigeru Omi, membro do painel e presidente da Organização de Saúde Comunitária do Japão, disse que em áreas com pouco sinal do vírus, a reabertura de escolas e o retorno gradual às atividades normais podem ser considerados, embora seja necessária uma vigilância rigorosa.

“Estamos insistindo em critérios muito rigorosos se os organizadores decidirem realizar eventos de grande escala”, disse Omi em uma entrevista coletiva que se estendeu até a madrugada desta sexta-feira.

“E se esses critérios não puderem ser atendidos, o evento deverá ser adiado ou cancelado”.

O Japão já teve quase 1.000 casos de coronavírus transmitidos internamente e 34 mortes, excluindo as infecções no navio de cruzeiro Diamond Princess.

Hokkaido suspende emergência
O governo de Hokkaido, a província com o maior número de infecções no Japão – mais de 150, suspendeu o estado de emergência na quinta-feira, depois de uma redução no número de novos casos, mas manteve o alerta. Os moradores devem evitar saídas desnecessárias de casa, segundo as recomendações locais.

O governador de Osaka, Hirofumi Yoshimura, pediu aos moradores para evitar viagens à província vizinha de Hyogo neste fim de semana prolongado, que começa nesta sexta-feira devido ao feriado de Equinócio da Primavera.

Osaka e Hyogo estão entre as províncias com mais casos de covid-19 no Japão: 119 e 95, respectivamente.

O Japão fechou escolas e cancelou muitos eventos esportivos e culturais, mas absteve-se de impor restrições firmes a viagens, negócios e restaurantes, e o isolamento social não pegou como uma salvaguarda recomendada.

“O fechamento de escolas é bom ou algo sem sentido? No momento, não temos dados científicos para ter certeza”, disse o professor Hiroshi Nishiura.
Fonte: Alternativa com Reuters





10 campos de girassóis imperdíveis para visitar neste verão no Japão

26 06 2015

Conheça os mais bonitos jardins espalhados nas regiões de Tokai, Kansai e Kanto

girassol-japaoUma das flores mais belas do verão, os girassóis exibem uma beleza impactante e representam uma das riquezas naturais do Japão. Com campos espalhados em todo o país, a época é ideal para apreciar este fascínio da Natureza e se divertir com os festivais especiais que só ocorrem nos meses mais quentes.

Para programar o próximo passeio, veja 10 dos mais bonitos campos, parques e jardins de girassóis que se destacam e atraem visitantes todos os anos. Fique atento as datas dos festivais e não deixe de apreciar a beleza imperdível das flores, que pode ser vista em todos os cantos do país:

1. Kankou Nouen Hana Hiroba (Hekinan – Aichi):

Um dos mais belos campos de girassóis do Japão está na cidade de Hekinan, em Aichi. No Kankou Nouen Hana Hiroba, é possível ainda apreciar flores o ano todo, de acordo com cada estação. Se a visita for feita entre julho e novembro, é possível ainda colher girassóis e levar até cinco flores para a casa. 

O local oferece ainda colheita de frutas e está aberto das 8h às 17h. A entrada custa ¥650 para adultos e ¥300 para crianças. Endereço: Aichi-ken, Chita-gun, Minamichita-cho, Toyo-oka, Takamidai−48, CEP:470-3411, site oficial: http://www.hana-hiroba.net/


2. Hokuto Akeno Sun Flower Festival 2015 (Hokuto – Yamanashi)

Em Hokuto, o Festival de Girassóis que ocorre entre os dias 25 de julho e 23 de agosto exibe 600 mil flores em um exuberante campo aberto. O evento, que já é orgulho na cidade, é administrado pela prefeitura e não tem custo de entrada.

O local fica aberto das 8h às 17h (nas datas citadas) e o endereço é: Yamanashi Ken, Hokuto-shi, Akeno-cho Asao, 408-0201, CEP: 5259-1157. Para mais informações acesse: http://www.city.hokuto.yamanashi.jp/tourism/area/sunflower.html

3. Ake no Himawari Festival (Chikusei – Ibaraki)

Um milhão de girassóis e flores da espécie cosmos enfeitam campos gigantescos na cidade de Chikusei, em Ibaraki. O festival, que exibe um verdadeiro espetáculo da Natureza, é gratuito e pode ser apreciado entre os dias 29 de agosto e 6 de setembro.

Para quem quiser levar girassóis para a casa, há um custo separado. O evento é organizado pelo departamento de turismo da prefeitura da cidade e o endereço é: Ibaraki-ken, Chikusei-shi, Miyama 504, Miyama Furusato Fureai Park, CEP: 300-4504. Mais informações: http://www.chikuseikanko.jp/index.php?code=18


4. Suhara Himawari no Sato (Mino – Gifu)

Em meados de agosto, espécies variadas e coloridas de girassóis são exibidas na cidade de Mino, em Gifu. Em meados de setembro, um interessante e diferente festival também ocorre entre os campos de girassóis: o concurso da bruxa. Chamado de “majo no contest” (魔女のコンテスト) em japonês, os participantes devem se vestir de bruxa, saltar em uma vassoura e tirar uma foto no ar, em cima dos girassóis. O evento deve ocorrer nos dias 19 e 20 de setembro.

Nos campos de Mino, há um conjunto de aproximadamente 10 mil flores, que podem ser apreciadas de forma gratuita. Endereço: Gifu-ken, Mino-shi, Shimokowa 468-3, CEP: 501-3703, Mais informações: http://www.himawaribatake.net/suhara.php

5. Hamana Himawarisai (Hamamatsu – Shizuoka)

A cidade de Hamamatsu, em Shizuoka, é palco de um dos mais bonitos festivais de girassóis do país, que ocorre entre o fim de julho e fim de agosto. Entre os dias 1 e 9 de agosto, a “semana do girassol” ocorre na cidade. No último dia da semana, é possível ainda colher girassóis dos campos livremente.

A entrada é gratuita e os campos exibem aproximadamente 300 mil flores. O endereço é: Shizuoka-ken, Hamamatsu-shi, Nishi-ku, Showa-cho, 137-3, CEP: 431-1206, Veja mais informações: http://himawari2525.hamazo.tv/

6. Zama Himawari Batake (Zama – Kanagawa)

Na cidade de Zama, em Kanagawa, diversos campos de girassóis enfeitam a cidade durante o verão e atraem a atenção dos turistas.

O Zama Himawari Batake oferece 550 mil flores e é administrado pelo setor de turismo da prefeitura, que organiza um evento especial entre os dias 13 e 18 de agosto. Não há um endereço específico, já que os campos estão espalhados em diversos pontos da cidade. Veja mais informações: http://www.zama-kankou.jp/

7. Nogi Himawari Festival (Nogi – Tochigi)

Todos os anos na cidade de Nogi, em Tochigi, ocorre o “Festival dos Girassóis”, que oferece apresentação de bandas e fogos de artifício. Este ano, o evento está marcado para os dias 24, 25 e 26 de julho.

O local exibe aproximadamente 200 mil flores e oferece atividades variadas aos visitantes, também com preços variados. Veja mais informações no site: http://www.town.nogi.lg.jp/page/page000907.html

8. Himawari no Oka (Ono – Hyogo)

São 500 mil flores exibidas em Kiyotani-cho, na cidade de Ono (Hyogo). Os girassóis representam um dos maiores orgulhos da cidade e atraem turistas durante a temporada de calor.

Os campos são administrados pela prefeitura e a abertura ocorre entre os meses de julho e agosto. Entre os girassóis, bancos foram instalados para que os visitantes possam passar um tempo entre as flores e consigam fotografar com mais facilidade. A entrada é gratuita. Mais informações: http://www.town.nogi.lg.jp/page/page000907.html


9. Dai Ichi Nagisa Kouen (Moriyama – Shiga)

O parque Dai Ichi Nagisa, em Moriyama (Shiga), exibe 12 mil flores de girassóis durante o verão. O parque é totalmente natural e o pico da floração ocorre em meados do mês de julho. A entrada é gratuita.

O endereço é: Shiga-ken, Moriyama-shi, Imahama-cho, CEP: 524-0101, veja mais informações no site da Associação de Turismo da cidade: http://www.moriyamayamamori.jp/

10. England no Oka, Himawari Daisakusen (Awaji – Hyogo)

Na cidade de Awaji, em Hyogo, o parquet England no Oka oferece 100 mil flores de girassóis para a apreciação dos visitantes. Além dos girassóis, o parque possui também alguns animais, como coalas, ovelhas e coelhos. A entrada custa ¥800 para adultos e ¥400 para crianças.

O endereço é: Hyogo-ken. Minamiawaji-shi, Yagiyogikami 1401, CEP: 656-0443, veja o site oficial para mais informações: http://www.england-hill.com/
Fonte: Alternativa
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao