Japão planeja introduzir em aeroportos sistema de reconhecimento facial para estrangeiros

29 12 2017

Os planos são de introduzir, a partir de abril de 2019, sistema de reconhecimento facial em aeroportos para estrangeiros que saem do paísreconhecimento facial para estrangeirosPortões automáticos com sistema de reconhecimento facial serão instalados em grandes aeroportos no Japão para fazer a verificação de cidadãos estrangeiros que saem do país, a partir de abril de 2019, anunciou o Ministério da Justiça.

Três portões do tipo já estão em uso no Aeroporto de Haneda em Tóquio para identificar cidadãos japoneses que retornam do exterior.

Em 2018, portões adicionais serão instalados nos Aeroportos de Narita (Chiba), Kansai (Osaka) e Fukuoka (província homônima), que também serão usados eventualmente para identificar estrangeiros que saem do país.

No total, o governo visa ter instalados em cinco aeroportos 137 portões com sistema de reconhecimento facial.

A medida visa tanto agilizar os processos de partida como reforçar a verificação de entrada. Espera-se que funcionários do aeroporto possam ser liberados para inspeções de imigração.

O sistema identifica um indivíduo ao comparar a foto no chip de silicone embutido em seu passaporte com uma imagem capturada no local – se corresponderem, o portão é aberto.

O uso mais amplo de passaportes biométricos e melhorias significativas em tecnologia de reconhecimento fácil levaram à introdução dos portões, disse o ministério.

Antes do sistema poder ser expandido para incluir verificação de cidadãos estrangeiros, no entanto, serão necessários testes adicionais. Uma questão será garantir que ele possa fazer a leitura correta de dados contidos nos passaportes de diferentes países.

O governo japonês estabeleceu uma meta de aumentar o número de visitantes estrangeiros para 40 milhões em 2020 e 60 milhões em 2030, e melhorar a eficiência do procedimento de entrada e partida é uma importante questão.
Fonte: Portal Mie com Nikkei

Anúncios




Reconhecimento facial em aeroportos poderá acelerar processo de entrada e saída

7 07 2017

Portões automatizados com a tecnologia vão acelerar os procedimentos com os japoneses, liberando assim mais funcionários da imigração para fazer a triagem de passageiros estrangeiros

reconhecimento facial japao
O Ministério da Justiça anunciou na terça-feira (4) um plano para introduzir um novo tipo de portão automatizado nos principais aeroportos do país. O objetivo é acelerar os procedimentos de passageiros japoneses enquanto permite que mais funcionários da imigração façam a triagem de cidadãos estrangeiros, em uma medida que visa conter o terrorismo e bloquear a entrada ilegal.

“Ao suavizar os processos de imigração de entrada e saída para os cidadãos japoneses, podemos ter mais funcionários realizando a triagem de cidadãos estrangeiros”, de acordo com um comunicado de imprensa divulgado pelo ministério no dia 4 de julho.

Com a expectativa de que 40 milhões de turistas do exterior venham ao Japão em 2020, e 60 milhões em 2030, é fácil prever que aeroportos tenham falta de funcionários da imigração, de acordo como o Ministério da Justiça.

Os novos portões vão destacar câmeras que tiram foto dos passageiros. Ao usar a tecnologia de reconhecimento facial, a foto tirada será comparada com dados de imagem obtidos de passaportes. O processo todo vai levar menos de 15 segundos.
Portões do tipo também serão instalados nos aeroportos de Narita, Chubu e Kansai

O ministério introduziu portões automatizados similares que usam autenticação de impressão digital em 2007, mas menos de 10% dos passageiros os usaram em 2016. É possível que os portões não tenham se popularizado porque exige-se que os usuários registrem suas impressões digitais antes de seus voos, disse um funcionário. Os novos portões não vão exigir tal registro com antecedência.

Três unidades desse tipo vão ser instaladas no Aeroporto de Haneda (Tóquio) no início de outubro, que serão usados por passageiros japoneses na chegada.

A previsão é de que tais portões automatizados sejam instalados em outros 3 principais aeroportos – Narita (Chiba), Chubu (Aichi) e Kansai (Osaka) – até o final de 2018.

Para cidadãos estrangeiros que vêm ao Japão geralmente a negócios, portões automatizados já estão disponíveis em principais aeroportos desde novembro passado.
Fonte: Portal Mie com Japan Times